Terapia da Fala

Actualmente, o campo de actuação de um Terapeuta da Fala (TF) é substancialmente mais alargado, abrangendo todas as alterações de Linguagem, de Comunicação e de Interacção de utentes de todas as idades e ainda alterações na Deglutição ou associadas.

Esse alargamento fez com que o quadro dos utentes atendidos divergisse para outras áreas.

Apesar de haver constante evolução no campo da reabilitação, o Terapeuta da Fala foi chamado para integrar equipas ligadas à reeducação de crianças com problemas de Comunicação, de Linguagem e de Fala.

Por outro lado, a própria área da Fala foi subdividida, havendo profissionais que se especializam no trabalho de Articulação, de Voz ou de Débito Vocal, de acordo com os departamentos em que estão integrados.

Encontramos, actualmente Terapeutas da Fala em Equipas de Intervenção Precoce, nas Equipas da Área Educativa de crianças e jovens, nomeadamente nos Núcleos de Surdos ou nas Unidades de Apoio à Multideficiência, nas Equipas de Reabilitação para crianças e/ou adultos e áreas específicas, como a Otorrinolaringologia (problemas de audição, de voz, …), a Ortodontia, a Pediatria, a Psiquiatria, a Cirurgia Plástica reconstrutiva dos órgãos envolvidos na produção de Fala ou a Neurologia, em centros de apoio à população júnior e sénior ou ainda em unidades de Cuidados Continuados.